RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS PARA QUARENTENA - COMIDA DE VERDADE

Recomendações nutricionais para quarentena

Recomendações nutricionais para quarentena

 

Que podem ser para vida toda! Por mais difícil que o isolamento seja, o momento atual está nos ensinando muito sobre diversos temas. Desde empatia até o que colocamos no prato. Por aqui, separamos algumas recomendações nutricionais para quarentena que vão lhe ajudar a ter mais saúde, menos desperdício e menos risco de contaminação.

Coisas que, antes passavam despercebidas pela maioria, estão se tornando uma prioridade. Um exemplo é a higienização das mãos. Quantas vezes você as lavava antes do início da pandemia? E, hoje, quantas vezes recorre ao sabonete?

Mas você parou para pensar que essa atitude independe da pandemia? Na cozinha industrial, por exemplo, as nutricionistas fazem treinamentos com a equipe sobre como higienizar as mãos. Elas pegam no pé mesmo porque essa é, e sempre foi, uma das melhores formas de evitar a contaminação, mas só agora estamos, de fato, entendendo sua importância.

RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS PARA QUARENTENA

Nutrição nunca foi tão importante

De repente, as pessoas passaram a comprar mais laranjas para aumentar o consumo de vitamina C. Mas o que elas se esquecem é que isso não é uma das recomendações nutricionais para quarentena, mas para vida toda. Aumentar a imunidade não ajuda só em relação ao coronavírus, mas no combate de todas as doenças.

Em casa, as pessoas passaram a cozinhar mais e, consequentemente, comer melhor. A cozinha se tornou um local para compartilhar momentos em família e aperfeiçoar talentos. Tem gente que antes não fazia nem um ovo mexido e agora está se arriscando em risotos, paellas e molhos elaborados.

Cozinhar sempre foi o melhor caminho para ter mais autonomia alimentar. Descascar mais, desembalar menos. É o que toda nutricionista fala aos seus pacientes. Cozinha é afeto, é cultura, é saúde. E, no fim do dia, nós somos aquilo o que comemos.

Nós esperamos que todos esses aprendizados se tornem rotina. E que, mesmo quando a vida voltar ao normal, as pessoas continuem comendo laranjas e cozinhando vegetais. Porque a nutrição é transformadora e protetora e, que bom, que estamos lhe dando mais valor.

7 recomendações nutricionais para quarentena

Além de comer fontes de vitamina C e cozinhar mais, existem outras recomendações nutricionais para quarentena que podem te ajudar a mudar hábitos e ter mais saúde.

Planeje suas refeições

Preferencialmente, de acordo com suas idas ao mercado. Como, na quarentena, o ideal é não sair de casa, você pode fazer esse planejamento para cada quinze dias ou, caso more sozinho, é possível estender para até um mês.

Isso evita gastar dinheiro desnecessário com comida e ver coisas estragando na geladeira ou vencendo no armário. Não precisa ser um cardápio certinho como um nutricionista passa, mas, sim, uma ideia geral do que serão suas principais refeições.

Vá ao mercado com uma lista pronta

Que esteja de acordo com seu planejamento! Assim, você vai direto ao ponto. É claro que você pode aproveitar uma promoção ou outra no meio do caminho, mas essa lista é uma amiga da carteira e da alimentação saudável.

Outra dica é ir ao mercado sem fome. Acredite, isso faz muita diferença. Quando estamos com fome, sentimos vontade de comer tudo que vemos pela frente e, consequentemente, vamos colocando todas essas coisas no carrinho.

Essa lista é um complemento do planejamento alimentar. Então, por exemplo, você gosta de comer pão integral de manhã? Ok, você colocou um saco de pão na lista. Mas como a validade é curta, o que você pode comprar para evitar sair novamente de casa? Cuscuz, tapioca, torrada são opções que duram mais tempo e, por isso, é possível inclui-las nas suas compras.

RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS PARA QUARENTENA - COZINHAR

Permita-se cozinhar coisas diferentes

E coloque os ingredientes da receita no seu planejamento e lista de compras! Que tal um macarrão à carbonara ou um hambúrguer vegetal? Um mousse de maracujá ou bolo de milho? Correr riscos na cozinha é sinônimo de diversão e variedade de nutrientes.

Todo mês, se proponha fazer uma receita que nunca fez. E quando tudo isso passar, chame os amigos e família para compartilhar esse momento.

Tudo que entra na sua casa deve ser limpo

Pensa só: todo mundo coloca as mãos nas maçãs, saco de arroz, lata de milho, etc. Você não sabe como foi o transporte daquele alimento até chegar ao mercado. Lavar os alimentos em solução de hipoclorito e as embalagens com detergente é uma segurança para sua saúde.

Hoje, essa é uma forma de evitar o coronavírus. Mas amanhã isso também ajuda a evitar intoxicações alimentares, diarreias, vômitos e outras doenças transmitidas por alimentos, vírus e bactérias.

Congelar é melhor que estocar

Quem congela, sempre tem. Esse ditado faz parte da rotina de quem busca uma alimentação mais saudável e é uma das recomendações para quarentena que vão facilitar sua vida.

Quando você chega cansado e só pensa em cama, o que é melhor: ter um miojo no armário ou arroz, feijão e carne congelados? Ou quando bater aquela preguiça, o que é melhor: fazer uma sopa de saquinho ou descongelar uma sopa de legumes que sobrou?

Torne isso um hábito: sempre faça um pouquinho a mais das preparações para congelá-las em pequenas porções. Isso é um quebra galho sem tamanho, pode confiar.

Ah, e você também pode congelar frutas para fazer smoothies, como banana e morango. Ou ter forminhas de maracujá congelado para bater aquele suco natural na hora do almoço.

Não esqueça de beber água

Para algumas pessoas, consumir água é mais difícil estando em casa. Essa, porém, é uma recomendação nutricional para quarentena e qualquer outro momento da vida. Água é tudo!

Se você aumentou a ingestão de fibras, mas não aumentou o consumo de água, seu intestino não trabalhará bem. Quem está desidratado, fica cansado, de mau humor e a produtividade vai lá embaixo. A água é necessária para diversos processos vitais.

Uma dica é fazer água saborizada e deixar na geladeira. Coloque água em uma garrafa com algumas rodelas de laranja, limão e folhas de hortelã e vá enchendo o copo ao longo do dia. Acabou? Enche de novo e deixe por perto. Assim, você lembra sempre de dar um golinho!

Comida boa é comida de verdade

Que vem da terra, que nossas bisavós reconhecem, que tem ingredientes legíveis, que estraga, que tem cor sem precisar de corante, tem sabor sem precisar de aditivo, tem textura sem precisar de interferência da indústria. E é em comida de verdade que deve se basear toda nossa alimentação.

Essa, talvez, seja uma das principais recomendações para quarentena: comer mais comida de verdade. Porque é isso que vai aumentar sua imunidade, não uma laranja isolada.

Qual aprendizado desse período você vai levar para vida? Se quiser mais recomendações nutricionais para quarentena (e para vida!), que tal marcar uma consulta? Lembrando que o CFN liberou as consultas online por um tempo, então podemos nos encontrar, independe do seu estado! Bora cuidar juntos da sua alimentação?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir bate-papo
Olá 👋
Sou a Cristiane!
Podemos ajudá-lo?