APRENDENDO A COZINHAR

12 dicas para quem está aprendendo a cozinhar

Dicas para quem está aprendendo a cozinhar

 

Ah, a arte da cozinha. Se o fogão não é seu melhor amigo e você faz parte do time “miojo e ovo frito”, esse post pode te ajudar. Porque diferente do que muitos pensam, cozinhar não é um dom. É estudo e prática. Para quem está aprendendo a cozinhar, mais importante do que ter uma boa mão para temperos é estar aberto a experimentar, se arriscar e testar coisas novas.

Não tenha medo da panela, da chama e da colher de pau. Não tem nada mais gostoso do que criar uma refeição deliciosa com aquilo que se tem na geladeira.

Cozinhar não é só para os chefs. Representa cultura, saúde e afeto. É cuidar de si mesmo, é encontrar um hobbie, é encantar o paladar de quem se ama. É reunir amigos, celebrar. Cozinhar é uma aventura e nós te convidamos a encará-la.

Descascar alho

Brasileira ama alho. Se a receita pede um dente, nós colocamos quatro. E não é à toa: além do sabor delicioso, o alho é cheio de propriedades nutricionais interessantes.

Para descascá-lo com facilidade, a dica é colocar o dente sob uma tábua e com uma faca de cortar carne ou pão, pressione-o contra a superfície. Ele vai se abrir e, então, a casca sai facilmente – sem precisar ficar com alho por debaixo das unhas.

Tirar cheiro de alho da mão

Mas, mesmo descascando com mais facilidade, não tem jeito, o cheiro do alho impregna na mão. Para se livrar de dedos temperados, esfregue-os em inox. Pode ser na torneira, na própria pia ou na faca que usou para amassar o alho.

Cortar cebola sem chorar

Ela não partiu seu coração, mas, nossa, a cebola nos faz chorar. Não desista de usá-la, caso esteja aprendendo a cozinhar.

Isso acontece porque no momento em que a faca entra em contato com o alimento, há a produção de ácido sulfénico que, por sua vez, é transformado em um gás. Esse gás, ao encontrar os olhos, que estão constantemente úmidos, produz uma solução de ácido sulfúrico. O corpo, para se proteger, produz as lágrimas.

Nós temos 3 soluções. A primeira é cortar a cebola ao meio e lavá-la bem em água corrente antes de cortar. A segunda é ligar um ventilador no local enquanto faz sua mise em place. Ou, então, encher a boca de água enquanto corta. Sério, funciona!

APRENDENDO A COZINHAR - CEBOLA

Fritar cebola sem queimar

Quer deixar a cebola bem douradinha para colocar no hambúrguer ou na mjadra, mas sempre acaba queimando alguns pedaços? Quando você perceber que ela está começando a queimar, coloque um cubinho de gelo pequeno na frigideira. Isso vai abaixar a temperatura e, depois, a água evapora preservando a cor dourada.

Fazer arroz soltinho

Não precisa lavar – se for um arroz de qualidade – nem rezar o pai nosso 10 vezes. Tudo o que você precisa é acertar na quantidade de água e, segredinho nosso, refogar o arroz com um pouco de azeite ou óleo.

Então, fritou sua cebola e seu alho, coloque o arroz, um fio de azeite e refogue os grãos envoltos em gordura por uns 2 minutinhos. Pronto, você cria uma película que impede com que os grãos grudem entre si, resultando em um arroz perfeito.

Melhorar a digestibilidade do feijão

Costuma ter gases quando come feijão ou outras leguminosas, como grão de bico, lentilha e ervilha? Seus problemas acabaram. Basta colocar o feijão de molho da noite para o dia antes de cozinhá-lo. O ideal é deixar, no mínimo, 8 horas.

Isso vai diminuir os fatores antinutricionais, aumentando a absorção de nutrientes, e melhorar o processo de digestão dos grãos, evitando incômodos abdominais. Fora que o grão vai cozinhar mais rápido e você economiza tempo e gás!

Como recuperar cenoura murcha

Você, aprendendo a cozinhar, olhava para cenoura e pensava “amanhã eu faço”. Chegava amanhã, “ah, depois eu cozinho”. Depois de amanhã, “não sei o que fazer, deixa aí”. Até que ela foi amolecendo, amolecendo… Calma, não precisa jogar fora! Cozinhar bem também é cozinhar com sustentabilidade, viu?

Para recuperar as cenouras, coloque-as em um pote com água fora da geladeira e deixe ali por cerca de 5h. Se não for o suficiente, pode deixar até umas 10h. Elas ficam crocantes novamente e prontas para serem usadas em um arroz, salada, suco, etc.

APRENDENDO A COZINHAR - CARNE

Crosta perfeita na carne

Quando chegamos com fome em casa, nem pensamos duas vezes: é da geladeira para o tempero, do tempero para frigideira. Mas se você quer acertar no ponto, manter a carne macia e ter uma crosta marrom suculenta, o certo é deixar a carne em temperatura ambiente por no mínimo 1 hora, diminuindo, assim, sua umidade.

Bolos perfeitos

Não são só as mães e avós que conseguem fazer bolos altos e fofinhos. Você também pode! Lembre-se que na confeitaria, diferente da culinária salgada, não há tanto espaço para improviso.

Nossas dicas para fazer bons bolos são: colocar o fermento por último e misturar com delicadeza, sem bater; sempre pré-aquecer o forno e nunca abrir antes de 30 minutos; colocar 1 colher de sopa de bicarbonato e 1 colher de chá de vinagre de maçã no meio das suas massas. Vai por nós, dá certo!

Descascar tomate

Vai fazer alguma receita que pede para retirar a pele do tomate? Coloque-o em uma panela com água fervendo por um minuto, escorra, espere esfriar e puxe a pele delicadamente com as pontas dos dedos. Prontinho, ela vai sair inteira e manter o tomate em seu formato original.

APRENDENDO A COZINHAR - OVO

Separar a clara da gema

Cada pessoa tem seu truque. Você, que está aprendendo a cozinhar, vai descobrir o seu. Mas aqui nossa dica é usar uma espátula com furos no meio. Pode ser até uma escumadeira.

Quebre o ovo em cima dessa espátula e deixe a clara escorrer em um recipiente, enquanto a gema permanece intacta na parte de cima.

Aproveitar pão duro

Sobrou pão, mas ele virou uma pedra? Sem problemas. Você pode ralar e usar como farinha de rosca ou cortar em rodelas médias e levar ao forno com um fio de azeite e orégano. Pronto, você tem uma torrada para servir com tomate, cogumelos, patê, etc.

E aí, curtiu essas dicas para quem está aprendendo a cozinhar? Acredite, quanto mais você tiver coragem de se aventurar na cozinha, mais vai se apaixonar. Se você tem algum segredinho ou truque culinário, compartilha com a gente nos comentários!

1 thought on “12 dicas para quem está aprendendo a cozinhar”

  1. Pingback: 10 dicas para se manter saudável no inverno - Nutricionista Cristiane Brito

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Atendimento via WhastApp